Escola de Astrologia “Jack o Estripador”

Posted on 12 de dezembro de 2006

5


jack_ripper.jpg

Recebi mais um email perguntando sobre um planeta num signo e casa específicos, e o famoso “o que isso significa ?” Nao tenho problema em responder a esse tipo de pergunta, apesar que essa menina era especialmente mal educada, apenas tenho pena pois essas perguntas sao tao limitadas, pois a astrologia é tao mais que isso, e sinto que minha resposta nunca abre os horizontes da pessoa… ela apenas fica decepcionada por um minuto e depois vai buscar outra pessoa que dê uma resposta mais aprazível. Mas isso me fez pensar numa questao… por que é tao popular a abordagem “Jack o estripador” na astrologia ? Por que pegar o mapa natal, matar todo o significado global, destripar seus planetas pelo chao, e depois, com as maos sujas de sangue, analisar cada partezinha por vez, separadas do todo ?

Pergunte a 9 entre 10 astrólogos e eles repetirao o grande mantra “O mapa deve ser interpretado como um todo”, mas basta você perguntar como irritar quem tem marte em virgem e logo vem uma montanha de gente com uma interpretacao pronta. Mas o fato é que nao é assim que se interpreta astrologia, e a rigor nenhum desses aspectos em separado significa absolutamente nada !

“Vamos por partes”

Temos que ver como a astrologia foi ensinada e praticada antes e depois do século 19 ! Se você ler um livro até o século 18, ele é claramente composto de regras ou de aforimos. As regras sao bem isso mesmo: regras. Quais os planetas, suas dignidades, seus significados… Os aforismos sao exemplos das regras em situacoes muito abstratas. Por exemplo “se o homem tiver a lua na casa 6, sua mulher será de baixa honra”. Óbvio que isso nao se aplica a todas as pessoas com lua na casa 6 ! O erro está em pegar esses aforismos e interpretar como regras… os autores dos aforismos pressupunham que seus leitores conhecessem as regras, para interpretar os aforismos em relaçao a elas !

Já a partir do século 19, temos livros de astrologia em formato de “dicionário”, principalmente para explicar às pessoas seu signo solar, ou para dizer previsoes por signo. Isso foi devido, nao a um grande valor do sol para dizer a personalidade, mas principalmente a um fator mercadológico, de como escrever manuais populares para milhares e milhares de consumidores, que nao sabem nada de matemática ou astrologia, poderem usar de maneria fácil e rápida. E, ao se criar livros pros iniciantes, a mesma metodologia foi usada, mas com mais planetas, e incluindo os aspectos.

Veja, você já pensou porque um livro básico de astrologia ou tarot, de umas 200 páginas, tem sempre a seguinte estrutura: introduçao (50 páginas), dicionário de planetas e aspectos (145 páginas), e, se você tiver sorte, um exemplo no final do livro (5 páginas). Isso é maneira de aprender astrologia ? Onde estao as regras ? desvaneceram e foram substituidos por aforismos modernos, dessa vez sem contextualizacao.

A astrologia, o tarot, o i ching, sao linguagens. Sao códigos combinados de signos arbitrários e símbolos metafóricos. E, como em qualquer linguagem, ninguem consegue aprendê-la usando uma gramática com um dicionário do lado ! Aprende-se por exemplo, por repetiçao, por solidificaçao da regra, e repetindo o processo em nível mais avançado.

Quebrando o mapa em partes é a abordagem de dicionário, pois essas pessoas aprenderam astrologia vendo no dicionário de receitinha de bolo, entao poderiam responder sua mensagem com algo assim. Marte em aries é acao, energia. Marte na sexta é trabalho (nunca doença, o significado original, porque o astrologo nunca fala nada ruim !) Entao marte em aries na sexta é um esportista, ou alguem que lida com emocao no trabalho.Ora, o problema é que NAO se lê um mapa assim ! Tenho certeza que você acha que um mapa se trata da personalidade da pessoa. Isso é total mentira ! Um mapa trata sobre TODOS os aspectos da pessoa, sua mae, seu trabalho, seu marido… Dar uma interpretacao quebrada é puro chute.

Deixa eu ser mais enfático … a maior parte dos astrologos do Brasil (e do mundo) sao modernos. Isso significa que eles provavelmente nao tiveram um tutor ou professor que lhes ensinasse. No máximo fizeram cursos e leram livros. Mas quem ensinou as pessoas que ensinam nesses cursos e livros ? Muito provavelmente eles inventaram as informacoes eles mesmo no que chamam de “na minha experiencia”. Por isso temos tantos picaretas soltos pela internet que falam que sabem muito, mas mostram muito pouco saber, apenas muita poesia.

Um exemplo manjado mas que sempre tem valor educativo é o seguinte, do John Frawley. Vamos tentar interpretar o mapa abaixo usando uma técnica de “vamos por partes”:exemplovenus.JPGVeja, que existe uma linha que divide o mapa em superior e inferior. Na parte da esquerda está o número 26 e o símbolo de libra libra . Esse é o Ascendente. Uma intepretaçao moderna de Libra seria essa:

O nascimento das pessoas que tem Libra no ascendente foi envolto num clima harmonioso, envolvente e belo, cheio de charme e esperança. Sua vinda ao mundo constitui um evento social, a reafirmação do casamento dos pais e a confiança nos sentimentos que os une. Simpatia, sociabilidade, dificuldade em impor-se, charme, indecisão.
O QUE BUSCA: Este ascendente tem a necessidade instintiva de se associar e se unir com outras pessoas. Está sempre em busca de acordo, diplomacia e justiça.

Outra para Venus em touro:

Você busca qualidade em tudo que deseja e faz, gosta de viver com conforto, beleza e prazeres sensoriais bem atendidos. Aprecia as artes, a beleza, a terra, a natureza e tem senso estético diferenciado. Conservador nos valores, é muito afetuoso, charmoso, sensual e atraente, mas tende a não enfrentar desafios e deve equilibrar sua tendência à acomodação para que não atrase suas conquistas.

Já adivinhou quem era nosso personagem misterioso ? Uma dica: patrono das artes, muito interessado em arquitetura, tinha uma boa voz, foi o primeiro político a criar leis contra o cigarro em locais públicos.

Já adivinhou ? Sim, foi ele mesmo, Adolph Hitler. Apesar do ascendente em libra e a lua vênus em touro, uma análise mediocre mostraria que venus está absurdamente aflita por marte e saturno, os dois em exilio. Embora vemos alguns elementos representados, concluimos que os elementos dados realmente nao mostraram nada importante sobre a essencia da pessoa !

Isso também mostra que elementos “inventados” por astrólogos, sem referência na tradiçao, raramente sobrevivem a qualquer teste: a afirmaçao de que os nascidos com ascendente em libra celebram um ambiente familiar agradavel, é invençao da cabeça dessa astróloga particular, e nao tem nenhuma semelhança com a juventude tumultuosa de Adolph Hitler

Um bom orador, com certeza, mas dificilmente um defensor da diplomacia. A análise também esquece de comentar que foi mais um dos assassinos do século 20, junto com Stalin, e Pinochet, que se foi dessa para uma pior (espera-se)