Caça Fantasmas

Posted on 15 de maio de 2007

8


Moro numa apartamento velho, mas legalzinho, uma sala grande e uma varanda legal, dá pra ver a cidade, jantar do lado de fora, muito bom.

Mas o “feng shui” da casa deve ser péssima ! Primeiro porque aqui fica do lado duma funerária. Segundo porque o dono original do prédio era um tipo meio louco, que encheu esse apartamento de gatos, e praticamente era um antro que a fiscalização sanitária levou todos os gatos pra evitar uma toxoplasmose massiva…

Tem um depósito na porta de trás, que não uso pra nada, já que é tétrico, não tem luz e é frio. Apesar dele ocupar quase metade da área do apartamento falta recursos e vontade de querer transformar isso em área útil. Além do mais os fantasmas dos gatos não incomodam muito. Quer dizer, até agora !

Nos últimos dias, além das coisas sairem do lugar, começaram a aparecer com (não riam) um cheiro estranho de limão! Tá certo que ainda tá longe de ser um Poltegeist, o filme, mas já tá irritando. Domingo veio um amigo com a filhinha e ela não queria ficar de jeito nenhum porque falou que via um fantasma na casa.

Acho que vou ter que fazer uma operação “o exorcista”. Não pretendo recitar os ritos romanos, mas já comprei o incenso só pra garantir.

Sahl Ibn Bishr, um árabe (na verdade judeu) da primeira metade do século 9, escreveu um livro chamado Introdução à ciência do julgamento das estrelas, dividido em três livros. Na primeira parte ensina as bases da astrologia árabe, na segunda fala sobre horária e no terceiro livro fala sobre eleições, que é a arte de se escolher o momento certo astrologicamente para se começar uma ação.

E, no capítulo sobre a casa 6 ele começa com um parágrafo para expulsar espíritos e demônios de uma casa, tudo muito simples na verdade:

 Quando existe um espirito mal em qualquer lugar ou casa, causando distúrbios, ou quando algo terrível ocorreu nesse lugar, causando medo, ou quando algum fantasma está aparecendo, e você deseja remover-lo desse lugar, seja com música, ou através de qualquer investigação ou maneira, cuide para que a Lua ou o Ascendente não esteja em um desses signos – Leão, Câncer, Escorpião,  ou Aquário – e deixe a Lua em qualquer signo fora esses, separando dos maléficos e se aproximando dos benéficos.

 É um exercício interessante, vou tentar depois.

 

Anúncios
Posted in: astrology