Feliz ano novo ?

Posted on 23 de janeiro de 2008

2


uncle san I want you to spend a lot
“Eu quero que você gaste muito dinheiro para provar seu amor a sua familia”

Agora que já passou a histeria coletiva do feliz ano novo também conhecida como reveillon, fica a pergunta, 2008 será realmente melhor que 2007 ? A pergunta é ainda mais premente quando as notícias já vao mostrando, nos primeiros dias desse janeiro, as possíveis tragédias anunciadas para o resto do ano: recessao americana, inflaçao no Brasil, febre amarela, possibilidade de novo Apagao elétrico, complicaçoes no Quenia e Paquistao.

Entao o que a astrologia pode dizer sobre o novo ano ?

2008 só “começa” em março.

Como já foi mencionado em outro artigo, a data de 1 de Janeiro é artificial. Várias culturas tem várias datas de inicio de ano, e várias delas, como a nossa, nao tem nenhuma base nos ritmos astrológicos. Para a astrologia ocidental, o início do ano só acontece em 20 de Março de 2008. Qualquer previsao para 2008 deve começar somente a partir desse dia. De 1 de Janeiro até essa data, temos apenas a continuaçao das influências do 20 de Março de 2007!

Assim se você ouviu alguma bobabem como “2008 é o ano de marte”, leve em conta que qualquer tendência para o ano só começa em março.

(Por que “bobagem”? Porque cada parte do mundo tem um regente diferente: esse suposto cálculo do regente do ano calcula apenas um regente para todo o mundo, o que obviamente nao é muito útil para se prever nada, só serve para a revista Capricho encher página)

Entao em próximos posts vamos fazer uma análise mais demorada nesses temas para o ano. Por enquanto só fica um comentário.

Influências a longo prazo.

Será que 2008 consegue ser melhor do que 2007 ? Dificilmente! O ano passado foi marcado por júpiter, o grande benéfico, em seu signo de sagitário, que lhe dá muito poder. Em 2008 Júpiter vai para o extremo oposto, ao se mover para o signo de sua queda, Capricórnio. Como Júpiter é regente natural de todas as coisas boas da vida, e uma delas é a riqueza, pode-se esperar uma maior tendência para as vacas magras.

Um setor no qual estou especialmente interessado é o de aviaçao, a nível mundial. Tenho notado uma grande sensibilidade desse setor aos movimentos de Júpiter, e no geral esse setor tem se recuperado nos últimos anos, nos quais Júpiter passou por Libra, Escorpiao e Sagitário. Agora é possível que o setor sofra um “soluço” para se recuperar nos anos de 2009 a 2011, pois Júpiter passará por aquário, peixes e áries, onde Júpiter tem dignidade.

Marte, o pequeno maléfico, esteve retrógrado em câncer (o signo de sua queda) nos últimos meses e deve influenciar todo o começo de 2008. Violência, como a vista no Paquistao e Quenia, nao é de se admirar. Já Saturno, o grande maléfico, está em virgem, um signo no qual tem uma certa neutralidade, comparado com câncer e Leao, signos nos quais esteve nos últimos 5 anos, e nos quais tinha sua face maléfica profundamente acentuada.

Júpiter e Saturno estao em trígono, ressaltando os temas da conjunçao de 2000, que afetou fortemente os Estados Unidos, com o neoconservadorismo bushiano. No entanto tenho sérias dúvidas, que colocarei no futuro, de que esse trígono tenha força para garantir uma vitória do partido republicano nas eleiçoes americanas.

E “nóis”, pequenos mortais ?

Em geral já estamos notando que o ano de 2008, astrologicamente falando, é pobre nas eletivas, a astrologia de escolha do melhor momento. Isso nao significa que vai ser impossível começar qualquer coisa… mas algumas coisas, como arrumar datas boas para casamento, abertura de empresas, serao especialmente mais dificeis de encontrar.

A economia vai melhorar ?

Dificilmente. Eu sempre comparei os economistas a uma religião pagã, ou melhor ainda, ao cristianismo do antigo testamento, sacrificando seus filhos aos caprichos de um deus sangrento. Mas Delfim Neto que é famoso, e eu não, deu uma definição que é digna de cita: “os economistas se acham técnicos neutros, mas são mais como antigos sacerdotes maias, sacrificando as pessoas e cobrindo a terra com sangue e falando, olha, não se preocupa, no futuro isso vai fazer crescer toda a plantação”.

O Brasil vive atualmente um governo financeirista: com os bancos, pelos bancos e só os bancos. Bradesco, Itáu, todos ganhando lucros de bilhões a custa dos impostos que sao usados para pagar a divida interna. Por isso que você nunca vai encontrar um economista contrário a juros… ninguem vai morder a mão que o alimenta.

2007 Brasil teve um bom crescimento, dai o que todos gritam ? “Eu disse que ia dar certo um dia!”. Ora, os resultados de crescimento são a prova cabal de que a política econômica brasileira é uma maravilha. Bem, é mentira. O fato do Brasil NAO ter crescido nos últimos cinco anos é prova de que somos governados mais pelo Bradesco do que pelo FMI, Lula, ou qualquer culpado da vez. O cenário internacional estava fantástico e, se quer uma prova, veja os números de crescimento do resto da américa latina. Até mesmo Argentina e Colômbia tiveram crescimento acumulado muito superior ao do Brasil.

Liçao de casa: Brasil mais uma vez perdeu a bola por ficar se fazendo de tonto. Agora acabou a festa internacional e a crise americana, já esperada fazia uns 3 ou 4 anos, finalmente está começando, e tenho razões para suspeitar que ela vai se aprofundar nos próximos anos, mas isso a gente vê num post futuro.

Artigos Relacionados