5 elementos Chineses

Posted on 10 de abril de 2008

6


Como prometido no último artigo, vamos falar um pouco sobre os cinco elementos chineses e sua comparação com os elementos ocidentais.

Os elementos chineses formam a base do conhecimento esotérico chinês desde a unificação criada pelo Imperador Amarelo. Desde o calendário, o I ching, a astrologia, até a acumpuntura e o feng shui, todos os conhecimentos clássicos dos chineses se interrelacionam porque têm as mesmas bases comuns.

Como você pode ver na figura, a característica mais notória dos elementos chineses é sua face dinâmica: os elementos produzem-se uns aos outros:

  • Madeira produz fogo
  • Fogo produz terra
  • Terra produz metal
  • Metal produz Água
  • Água produz madeira

Por exemplo, para a madeira a água é muito produtiva e benéfica para a madeira. Por exemplo, no Feng shui verdadeiro (e não a porcaria que os “consultores” vendem) se você tem uma estrela benéfica da natureza da madeira, talvez um aquário possa ajudá-la. Já o fogo, que é produzido pela madeira, acaba desgastando-a, e é uma das maneiras de diminuir o poder de uma estrela maléfica.

O segundo ciclo importante é o de controle que forma o pentagrama interior da figura. O ciclo de controle ataca e destrói o elemento controlado:

  • Madeira erode a terra
  • Terra represa a água
  • Água apaga o fogo
  • Fogo derrete o metal
  • Metal corta a Madeira

Esse ciclo também pode ser utilizado para controlar um elemento. Por exemplo no Feng Shui, se você quer fortalecer uma estrela benéfica de terra, retire a madeira (plantas vivas). Mas, se você tem uma estrela negativa de madeira, você não deve usar o elemento controlador, Metal, porque ele seria muito agressivo, podendo dar resultados negativos.

Mais sobre os cinco elementos

Para aprender mais sobre os cinco elementos, estude uma das diversas tabelas de associações elementares, as mais importantes estão abaixo:

Cinco elementos

Madeira

Fogo

Terra

Metal

Água

Direção

Leste

Sul

Centro

Oeste

Norte

Estação

Primavera

Verão

?

Outono

Inverno

Fator clima

Vento

Calor

Úmido

Seco

Frio

Cor

Verde

Vermelho

Amarelo

Branco

Preto

Gosto

Azedo

Amargo

Doce

Apimentado

Salgado

Órgãos

Fígado

Coração

Baço-pâncreas

Pulmão

Rins

Vísceras

Vesícula biliar

Intestino delgado

Estômago

Intestino grosso

Bexiga

Órgãos

Olhos

Língua

Boca

Nariz

Ouvidos

Tecido

Tendão

Vascular

Músculo

Pele e pêlos

Osso

Emoção

Raiva

Alegria

Pensamento

Preocupação

Medo

Som

Grito

Riso

Canto

Choro

Gemido

Planetas

Júpiter

Marte

Saturno

Vênus

Mercúrio

Aplicação

Como dito anteriormente, os cinco elementos estão em todas as ciências clássicas chinesas.

No Feng Shui, qualquer casa pode ser dividida em 9 setores, com 8 estrelas, quatro positivas, e quatro negativas. O ciclo dos elementos pode servir para favorecer as positivas.

Na acupuntura, os excessos e falta de energia nos meridianos podem ser corrigidas através de agulhas nos pontos Mãe ou Filho de meridianos relacionados. Por exemplo, se temos um distúrbio de falta de energia no meridiano do Pulmão (que é metal), ele pode ser tonificado através do estímulo do ponto Mãe
do meridiano baço-pâncreas (de natureza Terra). Ou, se existe um excesso de energia no meridiano do Pulmão, ele pode ser reduzido através da estimulação do ponto Filho no meridiano baço-pancreas (que é de Terra).

No I ching, ao contrário da maneira porca que é ensinada pelos “especialistas”, cada linha do hexagrama tem um elemento definido tradicionalmente, e esse elemento pode ser fortalecido ou enfraquecido pelos movimentos do hexagrama, trazendo ou não a coisa desejada.

No tipo de astrologia Chinesa conhecida como Quatro Pilares, a data de nascimento é analisada, e para a hora, dia, mês e ano de nascimento são atribuídos elementos. A combinação dinâmica desses elementos permite fazer previsões sobre a vida da pessoa.

Relação entre os elementos chineses e ocidentais

Não existe uma relação simples entre os dois sistemas exatamente por isso: são dois sistemas fechados, independentes e suficientes. Tentativas de criar “relações” entre os dois, e pior, querer trabalhar os dois ao mesmo tempo, estão fadados ao fracasso antes mesmo de começar.

No próximo artigo faremos apenas um listado de equivalências, que não deve ser lido como se fossem igualdades ou identidades. Assim você entenderá porque quando falam de um “dragão de fogo”, em geral as pessoas não sabem muito bem que o Dragão é um elemento por si só.

Artigos Relacionados

Anúncios
Posted in: astrology