Dinheiro, dim dim e money

Posted on 12 de janeiro de 2010

10


Para quem nao sabe inglês, a tradução, meio meia boca.

Freqüentemente recebo perguntas do tipo “o que meu mapa astral fala sobre dinheiro?”, “quando vou sair dessa penura?” ou “um dia vou ser rico?”.  Então achei que valia a pena falar um pouco sobre o tema da astrologia natal e finanças.

Limitações do mapa natal

Enquanto a astrologia horária é como um laser ou uma cirurgia, analisar o mapa natal está um pouco mais para luz estroboscópica ou florais de bahr.  Muito mais vago, mais complicado de se trabalhar e exige muito tempo. Não é o adequado para quem quer uma resposta objetiva. O mapa é mais adequado para outros fatores, dos quais vamos falar.

Por exemplo, quando você fala “meu mapa nao promete dinheiro, portanto vou ser pobre”, você só pode estar falando de pobre relativo a alguma coisa. Relativo à India? Sudao? Provavelmente nao, você fala sobre ser pobre relativo ao Brasil.

O princípio da realidade estabelece que as pessoas nascem num lugar, cultura e sociedade, num determinado momento histórico, etc. Se você nascesse numa tribo de beduínos, ser rico seria ter 3 esposas ou 5 camelos. Para a maioria da populaçao mundial ser rico é ter água potável. Para um americano ou brasileiro de classe média alta exuberante, ser rico é desperdiçar dinheiro em coisas para ter status.

(Sempre lembre da definição correta de status – gastar dinheiro para impressionar pessoas que você não conhece ou não gosta)

Então lembre-se que, se você está lendo isso, provavelmente está entre os 10% mais ricos de todo o planeta.

O que significa ser rico?

As pessoas tem geralmente uma definiçao errônea do que significa ser rico. Preste atençao na sutileza:

  • A maioria das pessoas acha que rico é aquela pessoa que gasta muito
  • Na verdade ser rico é uma pessoa que tem muito capital (propriedades, aluguéis, investimentos, etc)

Por isso as pessoas sonham em ser ricas fazendo parte daquele 1% da população que ganha rios de dinheiros. Assim vemos as filas de pessoas que querem ser modelo/atriz/acompanhante, vendedor de drogas, e até coisas piores, como deputado e participante de reality show.

É claro que isso não significa ser rico, apenas ser “emergente”. Veja programas como o “E true hollywood story” para saber onde os atores de Hollywood  vão parar depois de uma década. O mesmo lugar que os ganhadores de loteria.

Todo mundo já sabe que ganhadores de loteria vão à falência e perdem tudo entre 5 e 7 anos. Ou seja, nao basta ter dinheiro para realmente ficar rico.

Classe social

A astrologia não diz classe social, e infelizmente esse é um fator determinante. As elites sempre tem um jeito de colocar seus filhos no poder, e depois eles vão poder aparecer na capa das revistas de fofoca falando do “trabalho duro” e “suor”. Por exemplo, na minha faculdade, que é pública, a diretora era filha do fundador, e há pelo menos três filhos de políticos se formando nesse momento. Eles não vão pegar cargo de estagiário, eles vao direto para consultorias e diretorias. Pode nao ser “nepotismo” diretamente, mas a elite tem maneiras de se reproduzir no poder.

Assim como o princípio da realidade diz que você só poderá ter uma renda compatível com seu pais e momento histórico, também há apenas algumas formas de se ficar rico em cada período histórico. Se você um português no século 14, para ficar rico você deveria contratar um navio para conseguir especiarias e escravos. Hoje em dia a maior parte das pessoas tem o sonho do negócio próprio.

É claro que geralmente isso é uma péssima decisão. Algo como 90% dos pequenos negócios vao a falência. Veja que até um investimento de altíssimo risco como a bolsa de valores tem perdas médias muito menores. Na última grande queda, pessoas com uma carteira diversificada perderam em até 50% do capital. As pessoas que eu conheço que abriram negócio levaram mais 3-4 anos para pagar as dívidas remanescentes do negócio.

Para você ter um negócio de sucesso, você, antes de tudo, precisa já ter dinheiro. O maior motivo de falências é a falta de dinheiro.

Economizar

Se ficar rico rápido é dificil, existe o caminho inverso, que por razões óbvias é muito menos popular: economizar.

Enquanto os ricos tem mais do que podem gastar e os pobres tem menos do que precisam para viver, por que a classe média nao fica rica?

Simples, a classe média nao acumula propriedades, acumula dívidas.

A classe média não compra um apartamento para alugar e que gera uma renda constante e, mesmo que pequena, importante para emergências. A classe média compra um carrão que vai consumir uns 2 mil reais por mês da renda familiar.

De que adianta economizar?

Todo mundo acha que ganha muito pouco para poder economizar. Mas como diz um livro que eu li, muito bom, economizar é como emagrecer, todo mundo sabe como fazer, apenas nao quer se dar ao trabalho.

Veja no exemplo do carro, se você gasta 2 mil reais todos os meses no seu carro, ao final de um ano poderia estar comprando um apartamento pequeno. Aluguéis desse tipo de apartamento não são altos, mas são rápidos de encher. Por 200 reais o aluguel, você teria aumentado sua poupança em 10% ao mês em 1 ano.

Se você adora um café no Starbucks, e vamos supor que esteja em algo como 3-5 reais o café. Você toma dia sim, dia não, vamos supor uns 300 e poucos dias por ano. Você gastou a bagatela de 1000 reais em café.

Uau! Dói no bolso quando se pensa assim!

Sabe aquela poupança pobrezinha, da qual todo mundo reclama? A 5% ao ano (taxa que um americano mataria para ter, livre de risco), em 30 anos esses 1000 reais cresceriam para ser 4 mil reais. Faça as contas de quanto uma pessoa normal poderia acumular em 30 se acumulasse mil reais por mês.

E a minha casa 2?

A casa 2 é uma das mais específicas e fofas: dinheiro. Mas que tipo de dinheiro?

Tem gente que reclama muito da sua casa 2, mas é funcionário público e ganha o mesmo que outras milhares de pessoas que estao na mesma categoria. Ou seja, a casa 2 nao tem nada a ver com isso! Nao é porque sua casa 2 é boa que o governo vai decidir te dar mais dinheiro pelo mesmo trabalho que todos os outros!

A casa 2 tampouco tem a ver com o fato de que você gastou 1000 reais por ano em capuchinos e começou 2010 com uma dívida no cheque especial de um mês de salário.

Ou seja, gente, antes de colocar a culpa da sua vida financeira na pobre casa 2, aproveite que é Janeiro, refaça as contas, aperte o cinto para sair do cheque especial, tire uma parte do salário todo mês automaticamente para fazer a poupança de emergência e tente fazer alguns pequenos investimentos.

Se o dinheiro poupado e investido só causar problemas e virar fumaça a cada dois anos, aí sim você pode culpar a casa 2, mas até lá, é melhor aprender um pouco de administraçao financeira.

Apenas atençao, que esse campo tem tantos picaretas quanto a astrologia! Tem um livro chamado “Conselhos dos banqueiros da suiça” ou algo parecido, que tem uma série de “conselhos” que te garante fazer perder dinheiro.

Abraços a todos e aproveitem 2010 para economizar para 2040!

Artigos Relacionados