Protestos – planetas exteriores

Posted on 7 de julho de 2013

5


53680Oi, Yuzuru

Vc provavelmente está acompanhando daí da Colômbia as manifestações populares aqui no Brasil (e eu devo ser a centésima pessoa que te pergunta sobre o tema🙂 ).

Alguns dias atrás, o meu calendário do Google apitou um alarmezinho dizendo “trígono Saturno-Netuno”. Na hora, me lembrei daquela lição sobre astrologia mundana em que vc fala da técnica de Barbeau usando os planetas trans-saturninos. E o interessante é que amanhã (25/06/2013) Júpiter ingressará em Câncer, se juntando aos dois formando um “grande trígono” Júpiter-Saturno-Netuno.
Que lhe parece? Vc já teceu alguma consideração sobre esses eventos à luz da astrologia mundana?

Abraço!

Márcio Sakuma

Na verdade, ninguém me perguntou, Márcio, apesar de eu ter visto uma polida menção ao meu nome feita pelo Rodolfo sobre o tema da astrologia mundana.

É mais do que provável que todas as bobagens possíveis já tenham sido falados pelos gurus de sempre. Lembro-me da última vez que certo site de “especialistas” colocou as “previsões” com pérolas como “os estados unidos vão continuar consumistas e ignorando o aquecimento global”. Dah, pedro bó!

Os fatos são três:

1 – é muito difícil fazer previsões, mesmo para gente honesta  e estudiosa, quanto mais para quem mal sabe astrologia, mas acha que saber é o mesmo que inventar. O futuro a deus pertence e ninguém tem tempo suficiente para ver constantemente todas as carta em ação.

2 – A astrologia mundana tradicional está tao ruim quanto a moderna. O progresso da nossa técnica parou por volta de 1998! Desde essa época ninguém fez, ao meu conhecimento, nada de inovador. Apesar de, nessa década, trabalhos incríveis terem sido publicados e estarem disponíveis ao público em séculos ou até milênios, NINGUËM SE DEU AO TRABALHO DE LER. Pelo menos nao a leitura que um ABu Mashar merece. Outro dia eu voltei ao fórum do skyscript e estavam discutindo como analisar a carta de uma Grande conjunção para o momento da GC, mesmo quando já sabíamos em 98 que nao era assim que se fazia. Muito movimento browniano, sem realização de trabalho.

3 – é fácil fazer previsões depois que o fato já aconteceu. Explicar é fácil, por isso que brincar de CSI é muito mais fácil do que brincar de House.  Pergunte a qualquer economista. Se a economia cresce, a teoria dele está certa, se a economia cai, também.

Outro dia eu falo um pouco mais sobre o fato, mas hoje vamos responder explicitamente a pergunta do Márcio.

A técnica do Barbault nao é tradicional, mas é uma das únicas contribuições da astrologia moderna para os planetas externos que vi funcionar. Barbault basicamente trabalhava as combinações de ciclos de Júpiter e Saturno com Urano e Netuno.

Basicamente, Urano estaria relacionado com ciência e progresso econômico e movimentos direitistas. Netuno com direitos humanos, socialismo ou movimentos esquerdistas.

Com Júpiter se mostra a face benéfica desses movimentos – júpiter e urano trata principalmente de conquistas científicas, modernização e progresso econômico. POr exemplo, na última conjunção Júpiter e urano foi anunciado que um paciente supostamente foi curado do vírus HIV. Isso poderia representar que o desenvolvimento desse ciclo trará a cura da AIDS ou algo parecido.

Já Saturno e urano traz a face maligna de movimentos reacionários de ultra-direita, separatistas, genocidas, ultra-capitalistas, do nazismo ao Macarthismo e passando pelas guerras mundiais.

Netuno por sua vez fala de movimentos sociais e da luta do povo de nao ser escravizado. Júpiter e Netuno mostra uma face mais leve, e vamos ver movimentos pelos direitos humanos, das mulheres, dos gays, contra o racismo, direitos do trabalho, estado de bem estar social, etc. Já Saturno e netuno se estabelece com movimentos radicais, estados de esquerda reacionária, como a Uniao soviética, massacres de orientação esquerdista como Stalim, Kmher vermelho, a revolução cultura de Mao, etc. Barbault chegou a prever muitas décadas antes que 89-90   seria um ponto de virada da União soviética.

Cada um dos ciclos trabalhados por Barbaut se desenvolve no sentido conjunção – potencial, semente; fase crescente – desenvolvimento; oposição – crise ou ponto de estagnação; fase decrescente – estabilização ou decadência da ideia ou movimento.

A teoria de Barbault tem seus pontos fortes que é possível analisar um evento a partir do seu ciclo. Por exemplo, como disse acima, o anúncio de que uma pessoa teve o HIV eliminado na semana em que Júpiter Urano está em sua conjunção tem o simbolismo adequado de semente, o que me leva a crer que por volta do trígono (2015 ou 2020), teremos um primeiro tipo de teste piloto, ou pelo menos algum tipo de conquista nessa área.  Já uma reforma de sistema de saúde que buscasse um sistema “mais justo e universal”, mas que está acontecendo em uma oposição de júpiter-netuno, mais provavelmente é uma fraude, ou algo que representa mais a falha de oferecer um sistema justo, do que uma conquista.

Também é possível analisar as coisas antes do fato, e não apenas coisas que já aconteceram, mantendo o astrólogo mais honesto. Também é um sistema mais técnico, que permite ultrapassar banalidades do tipo “os americanos vão continuar consumistas”.

Problemas: é especialmente difícil saber onde as indicações podem acontecer. Qualquer aspecto tem a mesma probabilidade de se manifestar em qualquer parte do mundo. Uma das maneiras de se impedir o excesso de oba-oba astrológico é ser bem rigoroso: apenas eventos que combinem perfeitamente com o simbolismo do aspecto devem ser considerados. Além disso, aspectos temporais (o que aconteceu nessa região ou com esse movimento na última vez que o aspecto se manifestou?) são muito importantes para ver se o evento está realmente em sincronia com o tema astrológico.

No momento temos uma complicaçao: temos duas configuraçoes nos céus, jupiter netuno e saturno netuno ao mesmo tempo.

Por exemplo, Jupiter netuno é mais coerente com o repúdio da Suprema corte americana da Proposiçao 8 e de DOMA, que atrapalhavam o casamento gay, que agora deve ser basicamente, determinado pelos Estados individualmente. Notar que essa decisão foi tomada com júpiter entrando em câncer. E manifestações originadas de burocratas tomando decisões que beneficiam seus amiguinhos, aumentando consideravelmente o custo de vida, mas sem nenhuma preocupação, já que a própria classe média brasileira vive numa mentalidade de casa grande/senzala? Será que saturno -netuno seria mais apropriado?

Enquanto a URSS se dissolvia na última conjunção Saturno-Netuno, no Brasil a Globo, através de manipulação, impediu a primeira tentativa de Lula de entrar ao governo, dando lugar a Collor. Quando os caras-pintadas apareceram, isso é mais coerente com o trígono Júpiter-urano, netuno.

A carta de Lula aos brasileiros aconteceu durante o trígono saturno-urano. o que, sem ideologia, apenas interpretando o ciclo, acontece durante um pico de influência direita ou hiper capitalista. Nesse período o PT começou uma guinada para o centro.

Lula mesmo foi eleito no período em que saturno urano estavam em trígono e júpiter em oposição a netuno, mostrando o que, eu acredito, foi a crise de valores esquerdistas de chegar ao poder, abandonando os valores “esquerdistas” por outros “de centro”.

No geral, acompanhando a cronologia acima, mesmo sendo amostra parcial e distorcida, para mim parece que o ciclo de Júpiter-netuno realmente está fazendo mais sentido comparando com manifestacoes e protestos anteriores.

Em resumo

Seria interessante pegar todos os protestos que ocorreram nos últimos anos e ver se há um padrão mais previsível. Estava pensando em coisas como movimento econômico social, etc, mas a primeira regra desse tipo de análise, feita seriamente,  é pegar TODOS os eventos que representam um movimento, e ver como eles se encaixam.

O método de Barbault, apesar de ter seu interesse, é particularmente limitado. O máximo que Barbault podia dizer sobre o ciclo de 88-89 era que alguma coisa ia ocorrer, e ele achava que era com a URSS, já que a técnica não pode ser localizada a um país.  E, mesmo que os protestos estejam ligados ao ciclo de netuno, é difícil saber se eles vao continuar, se vao criar qualquer mudança, etc.

Houve protestos em todos os países sede de olimpíadas. Os incêndios na Inglaterra chamaram mais a atenção, mas também houve na austrália, etc. Onde há Olimpíadas, há bilhões de dólares migrando de maos, e também corrupção, golpes, aumento do custo de vida, problemas de transito, e geralmente milhares de pessoas pobres sendo expulsas de suas casas seja por planos de revitalização urbana, ou por mera especulação imobiliária. Raramente as pessoas estão contentes nos anos pré-olimpíada.

Notar por favor que eu estou respondendo á pergunta. Eu não uso realmente o método de Barbault para minha análise particular, eu prefiro a astrologia mundana de verdade (de Abu Mashar). Motivado pelo post do Rodolfo, acho que vou começar a explicar como funciona o método real, já que, como disse na minha introdução, nos últimos 10 anos parece que ninguém se deu ao trabalho de entender a astrologia mundana, precisamos tentar motivar que a nova geração o faça e ultrapasse a “astrologia moderna 2.0” que a astrologia tradicional está se tornando em alguns círculos.