Disposição e Recepção

Posted on 29 de abril de 2010

20


Muitas vezes os estudantes têm dúvidas frequentes sobre os conceitos de disposição e recepção e suas diferenças. Os dois conceitos estão intimamente ligados e são muito simples, mas como o povo gosta de falar sem dominar o assunto, obviamente o iniciante se sente confuso.

Disposição:

O Dispositor de um planeta é o planeta que rege o signo.

Por exemplo, a lua em áries. O regente de áries é marte:

  • Portanto marte dispõe a lua.
  • A lua é disposta por marte.

É claro que há mais de um dispositor por signo, já que há mais de um regente. Entao podemos dizer que o sol dispõe a lua por exaltação (o sol está exaltado em áries)

Como o dispositor é o regente do signo, ele é como o senhor da casa onde o planeta está temporariamente.
Recepção:

APENAS quando houver aspecto entre os dois planetas, lua e marte no nosso caso, haverá recepção.

Vamos supor novamente a lua em áries, e agora  marte em Leão fazendo aspecto com a lua.

  • marte dispoe a lua
  • a lua é disposta por marte

e além disso

  • marte recebe a lua
  • a lua é recebida por marte.

Preste bastante atenção porque tem muita gente que inverte a direção: dizem que a lua “recebe” marte, porque está no domicílio de marte. Se você aprendeu assim, esqueça, e procure nas fontes originais que verá que esse conceito tem sido transmitido por dois mil anos sem controvérsias.

Direitos de propriedade e Direitos de Hospitalidade

Uma analogia ajuda bastante. As pessoas adoram falar de recepção sem perguntar o óbvio: “recebe o que”. Quando vem um convidado na minha casa, eu o recebo, não o contrário.

O dispositor (no caso eu) é o chefe da casa onde o visitante está. O dono da casa tem direitos sobre o hóspede, são os direitos de dizer como ele quer a casa, se não aceita festinha, se quer tudo limpo no final do dia, aluguel adiantado. Se voce está na casa dele, segue suas regras. Esse é o dever de um bom hóspede.

Você é Venus, gosta de alegria e festa. Mas na casa de saturno tem que seguir regras saturninas, porque esse é o direito do proprietário da casa. Siga as regras ou seja expulso.

Mas um hóspede também direitos. Sao os direitos de hospitalidade. Na nossa sociedade capitalista “tanto faz”, ninguem se importa, mas em toda sociedade tradicional a hospitalidade era um dos mais importantes deveres. Se faltou comida na sua casa, falta primeiro para voce e seus filhos, o hóspede fica com fome por último, mesmo que seja um mendigo que pediu para passar a noite para sair da chuva.

A hospitalidade era um dos deveres sagrados na grécia antiga, e ainda o é na India. Um dos mitos do Deucalião dizia que Zeus mandou o dilúvio quando, disfarçado de mendigo, não encontrou uma única pessoa que lhe oferecesse abrigo da tempestade.

Direitos de Propriedade – o poder do dispositor

Como mencionado, o dispositor é aquele que “tem poder sobre você”. Você segue suas regras, ele pesa sobre sua cabeça.

Por exemplo, em horárias sobre amor, amantes e esposas, o parceiro traído freqüentemente é representado por saturno. Marido e amante conjuntos num signo de saturno é um cenário freqüente nesse tipo de pergunta.

Frawley ensina que o planeta “gosta” de seu dispositor. Isso só faz sentido em perguntas amorosas, e freqüentemente não funciona minimamente. O conceito de “gostar” pode fazer com que você erre totalmente suas horárias. Mas o dispositor sempre tem algum tipo de poder sobre o planeta, e cabe ao astrólogo julgar se isso é pertinente ou não.

Direitos de Hospitalidade – recepção

Como falamos acima, o povo começ0u a falar sobre recepção sem se preocupar com o importantíssimo “recebe o que”.  O planeta A, que é dispositor de B, recebe B em sua casa. Sol em peixes, sol está na casa de Júpiter. Júpiter é seu dispositor, mas o que Júpiter recebe?

Quando o sol forma aspecto com Júpiter, e somente quando há aspecto, então aí sim há recepção, porque Júpiter recebe o aspecto do sol. O sol é o hóspede de Júpiter, e ele tem que fazer com que o sol se sinta bem tratado, e tem que levar seus assuntos seriamente. Na medida em que Júpiter tiver poder, ele tentará resolver os assuntos do sol da melhor maneira possível. Esse é o dever de um bom anfitrião, de proteger seu hóspede e de fazer com que ele se sinta cômodo e feliz.

A recepção afeta o julgamento de todos os aspectos em astrologia. Mas o lugar onde há talvez o exemplo mais claro é em horárias sobre doença e morte. Quando o planeta que representa o doente faz aspecto com o planeta que representa a morte, mas há recepção (principalmente mútua recepção), então a morte não levará o doente e haverá recuperação.

Muita gente acha que deveria ser o contrário…. o planeta está no signo dominado pela morte, a morte tem poder sobre a pessoa! Mas não, a simbologia é que a morte tem deveres de hospitalidade sobre seu hóspede, então ela vai “virar pro outro lado” e passar pro próximo nome em sua lista.

Generosidade

Note no entanto que só há recepção com aspecto. Quando marte está em Leao e Sol está em aries, sem aspecto, existe o que chamamos de “generosidade”. Marte está na casa do Sol. O sol está na casa de Marte.

A generosidade é como o presidente dos EUA visitando a França enquanto o presidente da França está nos EUA, eles tem tendencia de ser amigáveis um ao outro por causa do intercâmbio.

Quando os dois também formam aspecto, somente aí temos uma “mútua recepção” que é a forma mais forte de recepção.

Assuntos relacionados


Anúncios